Uma virtualização de servidores sem intermediários envolvidos

Indicações de virtualização codificadas como parte do kernel

A grande diferença entre os KVM VPS e quase todos os outros servidores virtuais é mesmo a tecnologia de virtualização. Graças aos KVM, o servidor não requer um programa virtualizador adicional para ser executado- em vez disso as indicações de software requeridas são compiladas como uma parte indivisível do SO do host. Este método reduz consideravelmente a quantia dos recursos que devem ser dedicados pelo servidor para a execução de aplicações extra e por sua vez faz com que esses recursos estejam disponíveis para ser utilizados pelas máquinas hóspedes. A eliminação da camada adicional de comunicação também minimiza o tempo de espera I/O, realmente fazendo o Servidor VPS correr muito mais rápido.
Uma virtualização de servidores sem intermediários envolvidos

Uma utilização dos recursos aperfeiçoada

Utilização eficiente das capacidades do servidor

Com vistas a administrar as máquinas guest geralmente exigem mais um nível entre si e a máquina host. Desta situação resultam menos recursos disponíveis para as próprias máquinas virtuais. Graças aos KVM Virtual Private Servers a tal camada extra é excluída, porque o sistema de virtualização fica integrado no SO do servidor central. É assim que o conjunto de recursos disponíveis na máquina host ficam à disposição dos KVM VPS que há. Uma tal disponibilidade de recursos põe nas suas mãos mais uma vantagem que lhe será precisa quando se trata de fazer para seus websites e aplicativos web se dar nas vistas do público.
Uma utilização dos recursos aperfeiçoada

Controle completo sobre o sistema operacional

Plena liberdade para instalar qualquer sistema operacional que desejar

Um dos desperfeitos dos Servidores VPS, em comparação com servidores dedicados costuma ser o sistema operacional em si – no caso comum só é possível optar por um dos sistemas operacionais na lista do provedor. Através de um KVM Virtual Private Server, no entanto, será fácil instalar praticamente qualquer um dos SOs que podem correr no seu servidor e também no hardware do servidor mestre. Isso é possível levando na conta a maneira singular em que opera o método de virtualização KVM. KVM é diretamente integrado do sistema operativo do servidor físico, permitindo que as máquinas virtuais se comuniquem diretamente com e o hardware, onde fica excluída a necessidade de um estrato complementar para transmitir informação, o qual não poucas vezes é mesmo o fundamento de outras plataformas virtualizadoras.
Controle completo sobre o sistema operacional
  • Centro de Dados em EUA
  • Centro de Dados em EUA

    Steadfast, Chicago, IL